• Contrate um Servidor Cloud Gerenciado

Por que a computação em nuvem é importante para os seus negócios

É surpreendente a rapidez com que a tecnologia evolui em apenas alguns anos. Antes da computação em nuvem, as pessoas executavam aplicativos ou programas a partir da programação baixada em um PC ou servidor físico. 

Naquela época, muitas empresas investiram bastante para criar seus próprios data centers e as que os possuíam geralmente alocavam um número significativo de profissionais e recursos de TI. 

No entanto, com a crescente complexidade dos data centers e o número de profissionais necessários para gerenciá-los, a manutenção da produtividade acabou se tornando um novo desafio.O rápido desenvolvimento da tecnologia forneceu muitas soluções alternativas para as empresas na administração e desenvolvimento de seus negócios. 

Agora, mais e mais empresas estão começando a construir seu modelo de negócios confiando na computação em nuvem (Cloud Computing), que se tornou uma nova tendência no gerenciamento de data center.

Com a pandemia de coronavírus, grande parte dos negócios migrou para o online e a necessidade de organizar e subir dados na nuvem ficou mais do que evidente e útil para manter a economia em funcionamento e até garantir postos de trabalho. 

No entanto, essa não é apenas uma solução moderna e inovadora, mas também um modelo de negócios relativamente eficiente, aplicável a qualquer tipo de empresa. 

O que é cloud computing? 

Cloud computing ou “computação em nuvem” é um termo que ganhou amplo uso nos últimos anos. Com o aumento exponencial no uso de dados, está se tornando cada vez mais difícil para indivíduos e organizações manter todas as informações, programas e sistemas vitais em funcionamento em servidores internos de computadores. 

A computação em nuvem opera com um princípio semelhante ao dos clientes de email baseados na Web, permitindo que os usuários acessem todos os recursos e arquivos do sistema sem precisar manter a maior parte dos dados em seus próprios computadores. 

Na verdade, já utilizamos uma variedade de serviços de cloud computing no dia a dia. Gmail, Google Drive e até Facebook e Instagram são aplicativos baseados em nuvem. Para todos esses serviços, os usuários enviam seus dados pessoais para um servidor hospedado na nuvem que armazena as informações para acesso posterior. 

E por mais úteis que esses aplicativos sejam para uso pessoal, eles são ainda mais valiosos para empresas que precisam acessar grandes quantidades de dados por meio de uma conexão de rede online segura.

Um levantamento recente da Frost & Sullivan, apontou que os serviços em nuvem (pública ou privada) já são usados por 92% das companhias latino-americanas. Compartilhamento de arquivos, gestão de equipe de vendas externas a distância, uso de assinatura eletrônica, peticionamento online: não há como fazer nenhuma dessas coisas se você ainda salva arquivos localmente.

Algo que está sendo muito utilizado atualmente por causa do distanciamento social, as videoconferências, somente têm sentido quando todos possuem acesso aos mesmos dados a serem discutidos, o que exige disponibilização de arquivos em nuvem. Que aí está usando o Zoom, Skype ou Google Meet? 

Imagem ilustrativa Cloud Server

Os 3 tipos de solução oferecidas pelo cloud computing: 

SaaS (Software como Serviço)

É quando a nuvem disponibiliza um software que você pode acessar gratuitamente, ou mediante pagamento de mensalidade (recorrente). Com essa solução, você pode utilizar apenas as funções pré-disponibilizadas pela interface, sem realizar modificações no software.

Exemplos de SaaS: Facebook, WhatsApp, Zoom, Netflix, softwares de marketing digital, calendários online, entre outros.

PaaS (Plataforma como Serviço)

Funciona como um provedor de soluções de desenvolvimento, onde são disponibilizadas ferramentas para desenvolver ou modificar softwares, aplicativos, sistemas operacionais, bancos de dados, entre outros recursos.

Esses serviços são voltados para equipes que precisam desenvolver suas próprias soluções, personalizando-as de acordo com sua demanda. Os desenvolvedores podem se ocupar inteiramente com a programação, pois a manutenção e administração das ferramentas fica ao encargo do provedor.

IaaS (Infraestrutura como Serviço)

Nessa solução, você aluga os próprios recursos de armazenamento e processamento da nuvem para utilizar como bem entender. Indicado para empresas que precisam de recursos personalizados, podendo aumentar ou diminuir esses recursos a qualquer momento.

Os servidores, racks, routers, datacenters e outras ferramentas são todos disponibilizados ao cliente mediante o pagamento da mensalidade, e ele utiliza esses recursos como se fossem seus.

Preferido por empresas do ramo de TI, ou grandes organizações que necessitam de muito poder de processamento, mas não querem investir na aquisição de equipamento próprio. Também pode ser utilizado por qualquer empresa que queira criar suas próprias soluções com os recursos disponibilizados.

Os benefícios da computação em nuvem

Economia e performance

A mudança para a computação em nuvem pode reduzir o custo de gerenciamento e manutenção de seus sistemas. Em vez de comprar equipamentos caros, você pode reduzir custos usando os recursos do seu provedor de serviços de computação em nuvem. 

Algumas vantagens:

  • o custo das atualizações do sistema, novo hardware e software podem ser incluídos no seu contrato com o provedor
  • você não precisa mais pagar salários por pessoal especializado
  • seus custos de consumo de energia podem ser reduzidos
  • há menos atrasos.

Para a maioria das empresas, cortar custos é da maior importância e também a maior atração para quem pensa em mudar para a nuvem, independentemente de você ser uma pequena empresa ou ter dezenas de milhares de funcionários.

Quando estiver na nuvem, o acesso fácil aos dados da sua empresa significa economia de tempo e dinheiro na execução de projetos. Outro benefício é que a maioria dos serviços de cloud computing usa o sistema de pagamento conforme o uso. 

Isso também se aplica ao espaço de armazenamento de dados necessários para atender às partes interessadas e clientes, o que significa que você obterá exatamente o espaço que precisar e não será cobrado a mais. Tomados em conjunto, esses fatores resultam em custos mais baixos e retornos mais altos.

Mobilidade e acesso remoto

A Internet não está disponível? Dados móveis podem falhar a qualquer momento e nem sempre há uma rede wi-fi por perto. Sem problemas: a cloud computing sai na frente mais uma vez: os dados salvos são acessíveis offline.

Baixando as informações da nuvem, é garantido que o gestor e todos os colaboradores da equipe terão acesso aos registros sempre que precisarem, ainda que não estejam online.

A computação em nuvem permite o acesso móvel a dados corporativos por meio de smartphones e outros dispositivos, uma ótima maneira de garantir que ninguém fique fora do circuito. 

Como a maioria das empresas hoje atuam de forma remota, com setores inteiros em Home Office, os colaboradores podem usar esse recurso para se manterem instantaneamente atualizados com clientes e colegas de trabalho.

Segurança

Esse é um ponto crucial na gestão de empresas. A importância do cloud computing fica evidente quando observado o nível de segurança oferecido pela nuvem. Os mais modernos e eficazes protocolos de segurança estão em atividade permanente para proteger os dados de clientes, empresas, fornecedores e funcionários.

Segundo estudo do RapidScale 94% das empresas viram uma melhoria na segurança depois de mudar para a nuvem, e 91% disseram que a nuvem facilita o cumprimento dos requisitos de conformidade exigidos por governos. A chave para essa segurança ampliada é a criptografia de dados transmitidos por redes e armazenados em bancos de dados. 

Ao usar a criptografia, as informações ficam menos acessíveis por hackers ou por qualquer pessoa não autorizada a visualizar seus dados. Como medida de segurança adicional, com a maioria dos serviços baseados em nuvem, diferentes configurações de segurança podem ser definidas com base no usuário. 

A computação em nuvem oferece mais segurança que os servidores locais. Você nunca precisa se preocupar em perder dados críticos e aplicativos de negócios devido a um desastre natural ou a um colapso total do computador.

Alguns provedores até fazem backup de dados em servidores remotos adicionais, para que a perda de dados não aconteça. 

Recuperação de desastres 

Uma prioridade para empresas de todas as formas e tamanhos. Sem proteção adequada, é fácil perder semanas, meses ou até anos de trabalho árduo que podem comprometer seriamente a continuidade do negócio.

Nos servidores físicos, existem muitas ameaças aos dados. Qualquer acidente como uma bebida derramada ou oscilação de energia, pode arruinar os servidores padrão, colocando as informações em risco. Com esse tipo de configuração, os backups também podem se tornar pesados, levando a práticas desleixadas que podem colocar em risco todo um negócio.

A utilização de serviços de cloud computing pode atenuar muitos desses danos, colocando a proteção nas mãos de outras pessoas. Sem chance de um desastre natural ou um acidente de propriedade causar estragos em seus registros, o poder da computação em nuvem elimina parte do estresse de preservar suas informações e mantê-las em segurança.

Além disso, os backups virtuais são muito mais fáceis quando os serviços de computação em nuvem estão em uso. Em vez de criar e armazenar backups físicos, os dados podem ser copiados em qualquer intervalo de tempo, se você deseja fazer backup de dados semanalmente, diariamente ou até a cada hora. 

Esses backups podem ser armazenados em servidores separados ou em outro local, garantindo uma camada extra de proteção, caso algo dê errado. 

Nuvens públicas podem oferecer menos opções para preservação de software, mas nuvens privadas podem ajudá-lo a encontrar as opções corretas de recuperação de desastre para sua empresa.

Conclusão

Muito mais do que fornecer ferramentas inovadoras pela internet, a cloud computing revolucionou o mercado. A tendência é que cada vez mais as soluções migrem para a nuvem. 

Mas, antes de escolher um serviço de computação em nuvem, fique atento a pontos importantes, quando for avaliar suas opções:

Qual é o seu orçamento, tanto global quanto por usuário?O que é mais importante para você? É acessibilidade ou você está mais preocupado com a proteção de dados? Destaque seus objetivos antes de escolher uma opção.Você tem alguma necessidade específica, como sazonalidade extrema?Você tem vários locais de site que precisam de colaboração?Você prefere uma abordagem fragmentada ou um pacote abrangente que cubra todas as suas bases?

Como vimos no post, os serviços de computação em nuvem e suas diversas formas e funções, como plataformas SaaS, IaaS e PaaS, trazem grandes vantagens, da economia de dinheiro à proteção de seus dados. 

Para aqueles que desejam uma experiência completa sem um aumento significativo no custo,  a Nexxo Cloud, uma empresas especializada em Servidores Cloud Gerenciados e oferecemos uma infraestrutura de TI poderosa, sem aborrecimentos técnicos ou investimentos de alto nível. 

Fale comigo AQUI para entender como podemos te ajudar a alcançar melhores resultados com a computação em nuvem.

Até o próximo post! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *